Mamaço realizado pela Norospar encerra com sucesso atividades do Agosto Dourado em Umuarama

11/10/2022 Norospar

No último sábado (27) a Associação Beneficente de Saúde do Noroeste do Paraná – NOROSPAR, realizou um Mamaço – evento com o objetivo de apoiar e incentivar a amamentação, em alusão ao Agosto Dourado. Autoridades, profissionais de saúde, mamães, bebês, crianças, gestantes e seus familiares e amigos encheram a Praça Hênio Romagnolli em uma grande comemoração. 

“É uma imensa alegria estar aqui, divulgando e promovendo a amamentação como um ato natural, destacando que o leite materno o melhor alimento para o bebê e um grande aliado no combate à mortalidade materno-infantil. Em nome da NOROSPAR agradeço a todos que colaboraram de alguma forma para que este grande evento se tornasse realidade e a todos os nossos profissionais que, diariamente não medem esforços para que pudéssemos alcançar os resultados que temos hoje”, disse o pediatra, coordenador médico do Banco de Leite Humano e Presidente da NOROSPAR, Dr. Luiz  Batista de França, durante a solenidade de abertura. 

Em 2019, a NOROSPAR passou a integrar a Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano e intensificou o trabalho de apoio e incentivo à amamentação, com consultoria a todas as parturientes internadas na Maternidade e captação de leite humano, através da instalação de um Posto de Coleta de Leite Humano. Até julho deste ano, 1.128 doadoras foram cadastradas, foram coletados 1.446,8 litros de leite, beneficiando 900 bebês prematuros internados na UTI Neonatal, que são alimentados exclusivamente com leite materno. 
“Vocês estão de parabéns. A NOROSPAR cuida das nossas gestantes e crianças e esse trabalho é responsável por Umuarama ter hoje um dos menores índices de mortalidade infantil do Paraná”, disse o secretário de saúde de Umuarama, Herison Cleik. 
O índice da mortalidade infantil caiu de 15,9 por cada 1000 nascidos vivos em 2019 para 9 em 2021, considerando todos os municípios abrangidos pela 12ª Regional de Saúde de Umuarama atendidos pela Maternidade do Hospital NOROSPAR. Os números estão abaixo da média estadual, que foi de 9,6 em 2021 e da média nacional, que foi de 11,8 no mesmo ano.

A enfermeira e coordenadora da Maternidade do Hospital NOROSPAR, Amanda Vasques e a fonoaudióloga e coordenadora do BLH Daiane Ribeiro falaram sobre o trabalho realizado e fizeram agradecimentos aos parceiros, instituições públicas e privadas, clubes de serviços e a todos os voluntários que formam a rede de apoio à amamentação em Umuarama e região e que colaboraram na realização do Mamaço. 
Também participaram do evento: representando a Câmara Municipal de Umuarama, os vereadores Mateus Barreto e Cris das Frutas, a presidente do Rotary Club de Umuarama Catedral, Valdete Sperandio Cruz, representando o corpo clínico e a diretoria da NOROSPAR, a tesoureira e médica ginecologista e obstetra, Dra. Ceres Giacometti.

SUCESSO 
Além dos organizadores e convidados, cerca de 40 mulheres em lactação ou gestantes participaram das atividades. Tapetes, colchas e almofadas forraram o chão da praça, formando um cantinho de aconchego e troca de experiências para as mães enquanto amamentavam. 
Foram ofertados exames de glicemia, aferição de pressão e prestadas orientações de saúde e consultoria de amamentação através das doulas, que foram grandes parceiras do Mamaço. Todas as participantes ganharam brindes e se serviram de um delicioso café da manhã.

MOMENTOS DE FOFURA
Foram registradas presenças de bebês recém-nascidos e de até dois anos e nove meses de idade, ainda em amamentação, além de diversas crianças maiores. Enquanto as mamães se divertiam, os pequenos aproveitaram para aprender e também ensinar.
Carlos Eduardo de 9 anos e a pequena Helena Ribeiro Rodrigues, de 5 anos de idade também foram palestrantes no Mamaço. Eles integram o Grupo de Escoteiros de Umuarama 211/PR e uma das missões da equipe é incentivar a amamentação. Foi um dos tantos momentos de fofura vividos durante o Mamaço. 
“Todas as crianças tem o direito de mamar, pois o leite materno é o melhor alimento. Mamães, nunca deixem de amamentar seus filhos”, disse Carlos Eduardo com grande desenvoltura ao microfone. 



DANÇA CIRCULAR
A Dança Circular, conduzida pela enfermeira e facilitadora de danças circulares Bruna Rabelo, proporcionou um momento de descontração e alegria durante o Mamaço. Muitas mães dançaram com seus bebês no colo e algumas amamentavam enquanto dançavam. As participantes também pousaram para uma foto na escadaria da Praça Hênio Romagnolli. 
“Foi uma experiência encantadora. Todo esse evento foi lindo. A equipe da NOROSPAR está de parabéns por hoje e por todo o trabalho realizado por eles no hospital. Amamento a minha filha e me sinto incentivada e apoiada a continuar. Muita gratidão”, disse a participante Eloisa Emerin Amicci, mamãe da Helena de 1 ano. 

__________


Fonte: Movimento Saúde


© 2024 - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por